Excel Dashboard

2 minute read

Esses dias eu estava organizando meus projetos no notebook e encontrei esse antigo projeto de 2013. Se me perguntassem quando eu comecei a enveredar para a área de Data Analytics ou Data Science muito provavelmente eu diria que foi com esse projeto.

Em 2013 tive a honra de começar a trabalhar na chefia de gabinete do Instituto Federal da Paraíba e o Reitor me deu a missão de colocar o planejamento estratégico da instituição sob uma perspectiva mais visual. Esse trabalho não exigiu análises complexas com medidas estatísticas e todos os jargões que estão na moda. Mas é um dos trabalhos que mais me orgulho pois exigiu algum esforço para que se convertesse diretrizes e metas em uma estrutura mais visual.

Design e comunicação nunca foram o meu forte e naquela época eu estava estudando um livrinho chamado The Wall Street Journal. Guide to information graphics: The dos and don’ts of presenting data, facts, and figures, da Dona Wong. Aliás, livro recomendadíssimo para quem assim como eu deseja aprender como melhor comunicar suas ideias com gráficos e figuras.

Aprendi bastante com esse projeto, principalmente a importância de se comunicar resultados. Muitos analistas não conseguem comunicar suas análises e descobertas incríveis. Naquele tempo eu não sabia muito de Python, ou R, e também não tinha muita experiência com softwares como Qlik ou Power BI, igualmente em alta atualmente. Então desenvolvi os dashboards com a ferramenta que eu dominava: o Excel.

Instruções na aba inicial. Era possível o usuário configurar o significado das cores no mapa.

Após revisar todos os pontos do planejamento estratégico da instituição, estruturei as diretrizes e metas - e cada uma das ações necessárias para alcançá-las - em tabelas, de modo que os gestores de cada campus pudessem constantemente revisá-las e acompanhar a execução de cada uma das ações.

Diretrizes, metas e ações estruturadas em tabelas.
Aba para inserção dos dados.

Dashboards individuais traziam informações de cada campus. O dashboard da Reitoria consolidava as informações de todos os campi, apontando o cumprimento do planejamento estratégico pela instituição como um todo.

Painéis individuais dos campi e o painel consolidado da Reitoria.

A parte mais legal desse projeto foi o desenvolvimento de Macros VBA para colorir no mapa da Paraíba a localização geográfica de cada campi de acordo com o seu desempenho no cumprimento das ações previstas no planejamento estratégico da instituição.

Um painel trazia o mapa da Paraíba com a localização geográfica dos campi.

Foi nostálgico encontrar esse projeto perdido no notebook, me fez pensar que soluções eu utilizaria hoje para esse mesmo problema; com algum domínio de outras tecnologias como Python, Pandas e Frameworks Web para a visualização de dados. Também me fez refletir que o Excel ainda tem o seu espaço nesse enorme universo de ferramentas de Business Inteligence.

OBS Os dashboards presentes nesta postagem são meramente ilustrativos não representando a real situação do cumprimento das diretrizes e metas do planejamento estratégico do Instituto Federal da Paraíba.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Loading...